Dúvidas sobre Internet residencial.

Olha a pergunta da usuária, pessoal:

O que vale mais a pena ? Ter uma banda larga de 10 Megabits ou de 40 Gigabytes ?

Antes dos mais informatizados começarem rir da pergunta, vamos esclarecer: Ninguém nasce sabendo. Eu, por exemplo, não entendo de futebol ou de mecânica automotiva. Pelo visto, também não entendo de política. Mas, felizmente, posso ajudar as pessoas na área de informática, redes de computadores etc.

A velocidade de uma rede se mede em bits por segundo (bps) e seus múltiplos: Kilobits por segundo (Kbps), Megabits por segundo (Mbps), Gigabits por segundo (Gbps).

Agora, a quantidade de informação que passa por uma rede, ou que é armazenada em um dispositivo, é medida em bytes e seus múltiplos: Kilobyte (Kb), Megabyte (Mb), Gigabyte (Gb), Terabyte (Tb) etc. Cada byte tem 8 bits.

Os meios de transmissão de sinal mais comuns para o grande público são: sinal de radio, 4G ou 5G (em teste), que é micro-onda e, portanto um tipo de rádio, cabo metálico coaxial, fibra óptica. Qualquer outro método está fora da nossa análise, porque é pouco usado nesse caso.

Quando o ponto de rede chega em sua casa, o sinal vai para o seu roteador e pode ser distribuído para a família por Wi-fi ou por cabo de rede ethernet. O wifi é para notebooks, tablets e telefones e o cabo ethernet (aquele azul) para os computadores de mesa e Smart TVs e TV Boxes.

Em termos de velocidade de acesso internet, as ofertas mais comuns no mercado variam de 20 Mbps (a US$ 11,56 mensais) a 200 Mbps (a US$ 28,91 mensais). Com 20 Mbps, não dá para assistir TV Box direito. Mas dá para atender à navegação internet, WhatsApp etc. Se você for profissional de TI e precisar baixar um CD, 20 Mbps é pouco. Mas se você é usuário comum, dá pro gasto. Profissionais de TI ficam com 200 Mbps, mesmo sabendo que seus roteadores Wi-Fi dentro de casa não chegam a essa velocidade. Mas os conectam direto aos seus computadores por cabo ethernet e usufruem da velocidade total.

Operadoras mal-intencionadas costumam colocar anúncios misturando a quantidade de dados máxima permitida por mês com a velocidade da rede oferecida. Fujam disso. A maioria dos provedores sérios de fibra ou cabo coaxial não limita a quantidade de Megabytes que você pode trafegar na rede. Já as operadoras de celular, sim. Aí depende do preço. Consulte o contrato oferecido e converse com o seu profissional de TI de confiança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *