Campo de Batalha Espacial: Para a lua e além.

Depois de um voo de teste bem-sucedido da missão lunar Artemis-1 da NASA, a agência espacial agora volta sua atenção para o retorno dos americanos à lua dentro de dois a três anos. Mas os EUA não são o único país com ambições lunares. A China está perseguindo agressivamente seus próprios planos de pousar astronautas na lua e construir uma base permanente. Ambos os países falam abertamente sobre a necessidade de ter uma presença militar no espaço para se defenderem um do outro. Já, um perigoso jogo de gato e rato da Guerra Fria envolvendo satélites americanos, russos e chineses acontece todos os dias. A NBC News se aprofunda para explorar os desafios em um campo de batalha potencial que é complexo, congestionado e contestado.

Alexandre de Moraes determina a própria prisão em invasão ao sistema do CNJ.

Paulo Cappelli
04/01/2023 21:47, atualizado 05/01/2023 2:34

No sistema oficial do Conselho Nacional de Justiça, consta que Alexandre de Moraes determinou a própria prisão em provável ataque hacker.

No sistema oficial do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), consta que Alexandre de Moraes determinou a prisão de si mesmo. O documento foi inserido nos registros de mandados de prisão, na noite desta quarta-feira (4/1). A “síntese da decisão” é repleta de ironias à atuação do ministro do STF, evidenciando uma provável invasão ao site.

[ Leia mais ]

Coisas que o aluno deve saber sobre estágios.

Prá muita gente o estágio é um mistério. Assim elaborei um artigo simples sobre o assunto.

  1. Se você estuda numa escola técnica ou numa universidade, precisará estagiar. Para se formar, você precisa de um certo número de horas trabalhadas em estágios. Por exemplo, você não se forma em pedagogia se não estagiar numa instituição educacional registrada no MEC.
  2. O estágio é o momento em que um funcionário experiente (supervisor) vê a oportunidade de passar sua experiência a um estudante, cuidando dele ou dela como se fosse de sua própria família. É também quando o aluno ou aluna toma contato com os problemas e métodos típicos da profissão.
  3. O estágio é uma disciplina formal do currículo da instituição de ensino e não algo separado.
  4. Há empresas que ofertam estágios para estudantes de carreiras específicas. Eles fazem convênios com as universidades, porque precisam entregar relatórios periódicos sobre os alunos e suas atividades.
  5. Geralmente um estágio de nível superior pode durar dois anos e não pode ser renovado.
  6. Os alunos rebem tarefas na empres que oferece estágio. Mas nem sempre essas tarefas são condizentes com o curso. Assim, é preciso conversar com a divisdão de estágio da empresa e saber como as coisas são. Geralmente, quando uma empresa tem uma divisão de estagios, já é bom sinal.
  7. Geralmente os estágios são oferecidos anualmente.
  8. O aluno ganha uma ajuda de custo, nunca maior que um salário-minimo. Muitas vezes recebe vale-refeição – assim não precisa levar marmita. Obrigatoriamente recebe vale-transporte. Tem também direito a gozar férias.
  9. O horário do estagiário nunca supera 40 horas semanais. Isso é para o pessoal que estuda à noite. Mas considero abusivo. O ideal é o estágio não superar 20 horas semanais, mesmo porque o aluno precisa estudar.
  10. O estagiário tem direito a horário especial, principalmente durante as provas.
  11. Há uma ideia generalizada de que o estagiário sempre pega as piores tarefas, que ninguém quer. Mas isso não é verdade em boas empresas. Os estagiários são fonte de ideias novas e muitas vezes se tornam funcionários das empresas. Mas depende da intuição, da técnica e do senso de oportunidade deles.
  12. Há uma série de regras tácitas de comportamento entre supervisor e estagiário. Por exemplo, um funcionário nunca leva um estagiário sozinho para almoçar. O mesmo se dá com reuniões a portas fechadas. Deve sempre haver pessoas de ambos os lados participando, por exemplo dois funcionários e dois estagiários. Mas depois eu explico melhor.
  13. Geralmente o estágio de nível superior só pode ser feito a partir do quinto período.
  14. Para estudantes de medicina, o estágio tem outro nome: é a famosa residência.
  15. Alguns sites interessantes de estágio:

Gabinete do ódio busca comprar nova ferramenta espiã intitulada DarkMatter.

Jamil Chade e Lucas Valença
Do UOL, em Genebra e em Brasília
17/01/2022 04h00

As maiores empresas da aviação mundial estavam reunidas na feira aeroespacial conhecida como Dubai AirShow quando, no dia 14 de novembro, um domingo, um integrante do chamado “gabinete do ódio” entrou no stand de Israel, que funcionou pelo primeiro ano no local, com o interesse de municiar o grupo paralelo com uma poderosa ferramenta espiã, para ser usada, em especial, neste ano eleitoral.

[ Leia mais ]

[ Leia também ]

Após ‘spam telefônico’, Justiça condena INSS por vazar dados a bancos.

Abinoan Santiago
Colaboração para Tilt, em Florianópolis
22/06/2022 16h15 Atualizada em 23/06/2022 18h16

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foi condenado pela Justiça a pagar uma indenização de R$ 2,5 mil em danos morais a uma moradora de Marília, em São Paulo, pelo repasse indevido de seus dados a bancos. Suas informações, segundo consta no processo, foram usadas por instituições financeiras para a oferta de serviços e empréstimos por meio de várias ligações de telemarketing. De acordo com a decisão do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), determinada no último dia 15, o INSS e a Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência) vazaram dados da segurada sem o devido consentimento e descumpriram as regras da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

[Leia mais]

Pagamentos de alvarás da Justiça do Trabalho são suspensos após suspeita de fraude.

Extra
Leticia Lopes e Paolla Serra
Publicado em 13/11/22 13:05. Atualizado em13/11/22 13:07

A Justiça do Trabalho suspendeu preventivamente, em todo o país, o acesso aos sistemas de pagamento de alvarás eletrônicos após o certificado digital de um magistrado do Tribunal Regional do Trabalho do Rio (TRT-1) ser acessado de maneira fraudulenta. As ferramentas, também conhecidas como tokens, são usadas por juízes e desembargadores para acessar eletronicamente os processos e autorizar pagamentos judiciais.

O caso envolveu a 80ª Vara do Trabalho da capital. Como medida de segurança, o TRT-1 suspendeu preventivamente o acesso aos sistemas de pagamento de alvarás eletrônicos pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal (SIF e SISCONDJ), medida que se estendeu a todos os tribunais do país.

O TRT-1 abriu um procedimento na última sexta-feira (dia 11) para apurar o incidente, e informou, em nota, que a Polícia Federal, o Ministério Público Federal (MPF), o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), o Tribunal Superior do Trabalho (TST) e a Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD) foram notificados.

[Leia mais]

MPF pede investigação sobre ‘apagão’ nos computadores da Presidência

Estadão Conteúdo
12 de novembro de 2022 12:30

Queima de arquivo ou ataque hacker? MPF pede investigação sobre ‘apagão’ nos computadores da Presidência.

Formatação dos computadores da Presidência teria ocorrido cinco dias depois da confirmação da derrota de Bolsonaro para Lula.

O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) pediu na sexta-feira a abertura de uma investigação sobre um “apagão” de documentos nos computadores do Palácio do Planalto.

A suposta formatação dos computadores da Presidência da República teria ocorrido em 4 de novembro, cinco dias depois da confirmação da derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno das eleições.

A notícia foi publicada em primeira mão pelo portal Metrópoles.

O que o MPF quer saber


O órgão pediu que a Secretaria-Geral da Presidência explique de quem partiu a ordem de formatação dos HDs e se algum procedimento administrativo foi aberto para investigar as causas e os responsáveis.

O MPF disse que os “fatos são graves e suficientes para instaurar uma investigação”. Também afirmou que a Presidência da República não esclareceu se computadores foram formatados, se arquivos foram danificados ou apagados, se dados sensíveis foram vazados, se dados públicos foram perdidos ou se houve alguma apuração interna sobre a origem do ataque.

[Leia no original]

II CICLO DE SEMINÁRIOS DA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA • UFJF

Está acontecendo a semana do ICE (Instituto de Ciências Exatas) da UFJF – Universidade Federal de Juiz de Fora. Durante e semana ocorrerão, além da feira de ciências, algumas palestras online. Todas serão transmitidas no canal do ICE. Para quem não tem tempo ou perdeu a oportunidade (já que soubemos hoje), as palestras também poderão ser vistas posteriormente.

SEMANA DO ICE • UFJF – II CICLO DE SEMINÁRIOS DA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA • UFJF

  1. Paulo Menezes (UFJF) – 17/10 às 14h
    Título: Formação de Professores de Física para o Sec. XXI: perspectivas e desafios
  2. Guilherme Brockington (UFABC) – 18/10 às 10h
    Título: Neurociência e o ensino de física
  3. Ilya Shapiro (UFJF) – 18/10 às 14h
    Título: O problema de constante cosmológica e grupo de renormalização
  4. Sócrates de Oliveira (UFJF) – 20/10 às 10h
    Título: Empresa Júnior – Física: Uma oportunidade
  5. Júnior Toniato (UFES) – 20/10 às 14h
    Título: Buracos negros – Como fotografar o invisível?
  6. Débora Menezes (SBF) – 21/10 às 10h
    Título: Fake news e negacionismo científico
  7. Benjamin Fragneaud (UFJF) – 21/10 às 14h
    Título: Síntese e caracterização de materiais 2D.

A Corrida pela Supremacia Quântica

VICE News
30 de out. de 2019

Os gigantes da computação estão correndo para construir o primeiro computador quântico, um dispositivo com milhões de vezes mais força de processamento do que todos os computadores atualmente na Terra juntos. Essa tecnologia aproveitará as leis incomuns da mecânica quântica para trazer avanços inimagináveis em áreas como ciência dos materiais e medicina, mas também pode representar a maior ameaça à segurança cibernética até agora. Taylor Wilson da VICE conhece os cientistas na vanguarda desta nova era da computação.

Taylor Wilson: Meu plano radical para pequenos reatores de fissão nuclear.

Ted Talks
30 de abr. de 2013

Taylor Wilson tinha 14 anos quando construiu um reator nuclear na garagem de seus pais. Agora com 19, ele volta ao palco do TED para apresentar uma nova abordagem para um tema antigo: fissão. Wilson, que ganhou suporte para criar uma empresa para tornar real a sua visão, explica porque ele está tão empolgado com seu projeto inovador para pequenos reatores de fissão modulares — e porque isso poderia ser o próximo grande passo para uma solução da crise global de energia.

[ Veja a palestra ]